25 de set de 2014

MPB Instrumental: Edu da Gaita

Edu da Gaita - Moto Perpétuo

Edu da Gaita, nome artístico de Eduardo Nadruz, nasceu na cidade de Jaguarão, estado do Rio Grande do Sul no dia 13 de outubro de 1916 e começou sua carreira como um harmonicista prodígio, ao vencer cerca de trezentas crianças em um concurso de harmônicas quando tinha nove anos, em Pelotas, no Rio Grande do Sul.

Na década de 1930 mudou-se para São Paulo, onde teve diversos empregos, além do de cantor de tango. Tocou no Hotel Copacabana Palace (Rio de Janeiro), em cassinos e foi solista de orquestra sinfônica. Em 1939, o cantor Sílvio Caldas o levou para a rádio Mayrink Veiga, onde trabalharia durante onze anos. 

Edu da Gaita participou de muitas gravações acompanhando outros músicos. Em 1957 gravou o "Moto Perpétuo" do compositor e violinista italiano Niccolò Paganini, originalmente escrito para violino e transcrito para a harmônica pelo próprio Edu, após 11 anos de estudo para executar a música. 

Seu repertório sempre buscava mesclar o erudito com o popular. Além de gravar como solista, Edu da Gaita também tocou com o Sexteto de Radamés Gnattali e apresentou-se pela Europa e América do Sul. Tido como um maior gaitista do Brasil, gravou mais de 20 discos em sua carreira. Morreu no dia 23 de agosto de 1982 no Rio de Janeiro.
-------------------------------------------------------
Fonte: CliqueMusic (com adaptações).

Nenhum comentário:

Postar um comentário